A Escrita Do Que Falta

Quando estou escrevendo um conto percebi que muitas vezes é necessário deixar lacunas, um espaço para leitor preencher com aquilo que ele quer; um lugar para interrogações. O “vazio” no texto convida o leitor para participar da ficção. Neste momento podem surgir indagações e torna-se essencial completar a história, que pode passar a ser dele,Continuar lendo “A Escrita Do Que Falta”

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora