O Protagonista, um convívio pessoal

Encontrar o protagonista é uma tarefa que requer uma escuta ativa de minha parte e, um certo tempo para convivência com o personagem. Aqui entendo que o ato rotineiro de escrever como a melhor forma de relacionamento com o personagem.Sim.É como uma nova amizade.Costumo fazer várias perguntas para os meus personagens.Observar seus comportamentos quando e enquanto escrevo.Mas não é apenas imaginação e fantasia? Não.O fato de trata-los como sendo reais, não é uma questão de loucura ou um transtorno mental.Porém, utilizo esta maneira de pensar como uma técnica para criação de personagens. Normalmente, o protagonista é aquele personagem, o qual sua voz me interrompe várias vezes ao longo dia, mesmo quando não estou escrevendo.Essas interrupções são pertinentes pois o protagonista solicita a história qual ele pertence, a existência dele depende do ato da escrita.

Publicado por lourei

Escritora. Algumas publicações dentre elas: Bernardo (2008) na revista Fundação Cultural de Curitiba (FCC); Resenha Como bonecas Matriochcka: Uma história dentro de outras na revista FCC (2010) e Um Segundo Amanhã no livro Ilha Nômade (2018) Editora A.C. Design

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: